Teresa Pilhado : “Em Através publicamos também o que não se publica em outras editoras por não fazer parte do tão endogâmico sistema cultural galego “

Entrevistamos Teresa Pilhado, a nova co-diretora da Através, que reveza Antom Serém. No PGL quisemos entrevistá-la para conhecer a sua perspetiva da editora e dar a conhecê-la aos leitores e leitoras da Através.

Continuar a ler

Paulo Fernández Mirás : “gostaria de falar de recuperaçom da língua, mas dependemos de que a gente acorde e veja para onde nos levam as políticas atuais”

Valentim R. Fagim entrevista Paulo Fernández Mirás. Começou a falar em galego porque o cliente sempre tem a razom. Atualmente é um feliz estudante de Filologia galego-portuguesa na Corunha onde o seu TFG (trabalho fim de grau) está focado na poesia de Carvalho Calero, de quem é um admirador.

Continuar a ler

Diego Lamas : “Se tentássemos cuidar a qualidade do nosso galego e se os turistas lusófonos tivessem mais oportunidade de ouvir galego derrubaríamos muitas inibições em ambos os lados”

Valentim Fagim entrevista Diego Lamas, guia de turismo graças ao português, citadino, passou-se para o galego a partir da sua residência em Compostela e para o lado escuro da norma mercê à dupla formada por Vinícius de Morais e Isaac Alonso Estraviz. Gosta da atitude desenfadada do reintegracionismo atual e acha em falta materiais pedagógicos.

Continuar a ler

Arturo Novo Velo : “Quanto mais passa o tempo e mais competência vou adquirindo na nova ortografia, mais castelhana acho a outra”

Valentim Fagim entrevista Arturo Novo Velo, Neo-escrevente de âmbito rural. Quando pensava que já percorrera o caminho do galeguismo e já pensava que estava mais ou menos alfabetizado em galego, começou a dançar com a questão da norma e descobriu o reintegracionismo.

Continuar a ler